domingo, 17 de fevereiro de 2008

Meu último pronunciamento do dia

Então vamos lá. Estou eu aqui de novo, para encerrar o domingo. Vou tentar mudar um pouco o foco das minhas postagens. O que eu sinto, como já disse antes, até o vendedor de picolés sabe. E não há nada que eu possa fazer, pelo menos por enquanto, a não ser deixar que as coisas encontrem um caminho por si só e sigam o seu rumo. Tem horas que o melhor é deixar rolar, e esperar que o tempo diga se todo esse sentimento valeu a pena.(Ok! Estou mentindo, eu assumo). Enfim, mudando o foco, quero falar de uma outra coisa que também faz o meu coração bater mais forte. O tango, mais precisamente, "Por una cabeza". Ah! Essa música me arrepia, faz o coração transbordar de paixão, desperta fortes emoções dentro de mim. É uma explosão de sentimentos em cada acorde, é até difícil de explicar, gosto e pronto!
Ainda não aprendi a postar vídeos aqui. Então vou deixar dois links, para quem ainda não conhece, conhecer. E para quem já conhece, deleitar-se junto comigo.

Por una cabeza - Carlos Gardel
http://br.youtube.com/watch?v=AGrDh5OLS-M

Por una cabeza - Perfume de Mulher (filme)
http://br.youtube.com/watch?v=dBHhSVJ_S6A



"Por una cabeza, todas las locuras
Su boca que besa, borra la tristeza, calma la amargura
por una cabeza, si ella me olvida
qué importa perderme mil veces la vida, para qué vivir."

4 comentários:

Mr. Fart disse...

Estive lendo seu 'blog' demoradamente, Dra. Repolha, e noto com clareza que você tem heterônimos. As pessoas que se questionam sempre têm (a Gê, por exemplo; e - sem querer ser falsamente modesto - eu também). Tive uma célebre discussão com o Padre da cidade onde eu morava quando criança, porque ele me disse: "decida-se, Fart, o que você é? O menino bonzinho, da família X, o garoto daquele grupo de crianças terríveis ou o mocinho que virá à Igreja, rezará, comungará, cumprirá seus deveres cristãos. Você tem de saber o que você é!" E eu, com a arrogância da criança, disse a ele: "Ora, Padre... se nem Deus é um só - afinal, é Pai, Filho e Espírito Santo -, por que o Sr. quer que eu seja? E olhe que ele é perfeito! E mesmo esta cidade, Padre, ela é, para o Sr., Paróquia; para o Juiz, Comarca; para Prefeito, Município e eleitorado...
O tempo passou e eu cresci, e acho que é natural nós termos nossas facetas. Aqui no seu riquíssimo blog vejo você ora mais retraída ora mais solta, libertando-se e se encontrando (a grande viagem do ser-humano é epifânica, é interior), e gosto muito disto. Liberte-se! E quanto mais você deixar falar a voz interior da Fernanda, mais ela será a Fernanda-eterno-formar-se, a Fernanda-devir, a Fernanda que luta, acima de tudo, por si mesma.
Desculpe-me se me estendi, mas a gente vai ficando mais velho e começa a achar que pode aconselhar aos mais novos...
Abraço!

Me, Myself and I disse...

Fer, (todo íntimo)

Te afirmo que não só o Tango "Por una cabeza", é lindo mas o filme em ele faz parte integrante , "perfume de Mulher " foi um dos filmes mais inesquecíveis que já pude ver .
Al Pacino dá um show de interpretação e mais do que tudo , uma lição de Vida.
Diria que parodiando a vontade dele no filme , de fazer do último fim de semana inesquecível .
Depois desse filme já se pode morrer (subjetivamente lógico ) .

Fernanda Watzko disse...

Ah!Mr.Fart
Fique à vontade para prolongar-se o quanto quiser. Nunca pensei que eu tivesse heterônimos. Mas vejo que seu ponto de vista faz muito sentido... É quem sabe eu os tenha mesmo!

disse...

Minha amiga, não adianta. É assunto demais pra pouco espaço... dentro da gente!
Acho que se forem fazer uma autopsia iam ter que trazer um bibliotecário pra catalogar as obras que criamos.
Bj
P.S. Precisa ver os argentinos dançando isso!!!