segunda-feira, 28 de julho de 2008

"Pra manter esse corpitcho bacana acho até que vou virar marombeira"

Há dias que ando putiada com a vida. Tenho estado sempre na defensiva, e basta uma palavra ou gesto de alguém pra eu sair soltando os cachorros. A famosa TPM também contribui para o pavio ficar ainda mais curto. Acontece que não gosto e nem me orgulho dessa minha "tolerância zero". E ao invés de ficar em casa chorando, me entupindo de chocolate ou brigando com quem não tem nada haver com os meus problemas, fui malhar. E percebi que é algo infalível para exorcizar todos os meus demônios. Malhar! Sim, malhar muito e exaustivamente, dar tudo de mim, suar, sentir cada pedaço do meu corpo se mexendo, os músculos tremendo a cada série. Quarenta minutos de esteira, muita musculação e mais quatro séries de uns cinquenta abdominais podem fazer milagre. Enfim descobri algo capaz de me libertar do stress. Sem falar que só em mudar o horário da academia já me fez um bem danado. De noite é mais animado, gente interessante e moços bonitos. Estou gostando dessa minha nova fase. Acho que finalmente uni o útil ao agradável, quem sabe até o final do ano eu esteja com o corpo da Carol Castro de namorado saradão. Uhúú!

2 comentários:

Vinicius disse...

Eu já fui rato de academia, há muito tempo atrás.

Hoje eu gostaria de ser quem eu fui, mas tenho tanta preguiça de malhar, que tudo o que tenho é um restinho de qualquer coisa.

Mas quem sabe um dia eu não encontro uma nova razão para me movimentar...

Kelly Jessie disse...

Uiiaaaa!!! Isso menina! Legal ver vc bem através dos textos.

Gostaria eu de ter a mesma energia sempre! Mas na verdade eu sou uma menina de 20 anos com energia de uma de 40! rssss...

Eu sei, que coisa feia! Mas a ociosidade é minha cryptonita! Mas até o fim do ano dou um jeitinho de sair do sedentarismo. rss

Beijinhos.

Kelly