sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

Que é pra acabar com esse negócio de você viver sem mim

"Dentro dos meu braços
os abraços hão de ser milhões de abraços
apertado assim
colado assim
calado assim
abraços e beijinhos
e carinhos sem ter fim"

Tom Jobim

Um comentário:

disse...

Ah, Ferdinanda Maria Repolhuda, essa música eu sempre canto quando a galera se junta pro violãozinho básico. E dá pra resistir? rs

Saudades!