terça-feira, 7 de abril de 2009

Será que saber amar, é saber deixar alguém te amar???

Conversando com um "amigo colorido" sobre as nossas aventuras e desventuras, eis que entramos num assunto inevitável: O coração. Nós sofremos do mesmo mal, o mal de amar (ou ter amado um dia) a pessoa errada. Conversa vai, conversa vem, comentei a respeito de algo que as pessoas sempre me dizem. E o "conselho" que sempre ouço é: Parar de desejar o impossível, de tentar mudar o que é inevitável, e que eu deveria dar mais atenção para as pessoas que estão ao meu redor, pois com certeza há alguém disposto a me amar (ou alguém que já me ama e sofre por mim...). Ou seja, que eu deveria deixar alguém me amar. Pensando racionalmente e deixando os "achismos" do meu coração de lado, admito que tudo isso faz um baita sentindo. O problema (comigo sempre tem um problema...) é que nem eu e nem ele sabemos ser amados. Talvez pelo fato de nunca alguém ter nos amado da forma que a gente ama. Ai! E como a gente ama... se doa, sofre... E essa passionalidade toda pode sim ter nos transformado em idiotas egoistas que juram ser auto-suficientes e que acreditam que o amor que sentimos basta para nós e para a pessoa eleita. Não sei dizer o que é isso, nem explicar o que acontece com a gente. Porém acredito que ainda está em tempo de deixarmos alguém nos amar, para depois (finalmente) aprender a amar.


"A crueldade de que se é capaz
Deixar pra trás os corações partidos
Contra as armas do ciúme tão mortais
A submissão às vezes é um abrigo

Saber amar
Saber deixar alguém te amar

Há quem não veja a onda onde ela está
E nada contra o rio
Todas as formas de se controlar alguém
Só trazem um amor vazio


Saber amar
Saber deixar alguém te amar

O amor te escapa entre os dedos
E o tempo escorre pelas mãos
O sol já vai se pôr no mar

Saber amar
Saber deixar alguém te amar "

4 comentários:

Kellen disse...

Lindo post e linda música!!!!
Bjs

Anônimo disse...

eh... faz sentido!
A.

Kelly Jessie disse...

"Saber amar
Saber deixar alguém te amar"

Acredito que sim!

Laura disse...

Ooii...
achei seu blog por acaso! Estava procurando uma coisa e cai aqui... mas tive que entrar para comentar!! Estou adorando tudo que leio, suas músicas, enfim.. me identifiquei com mtas coisas!!

Parabéns!!
Laura