sexta-feira, 19 de junho de 2009


"Oh a boca mordida, oh os beijados membros,
oh os famintos dentes, oh os corpos traçados.

Oh a cópula louca da esperança e esforço
em que nos ajuntamos e nos desesperamos.

E a ternura, leve como a água e a farinha.
E a palavra apenas começada nos lábios.
"

Pablo Neruda

2 comentários:

Anônimo disse...

Minina...
Miniiiinaaa..
Miiiiiniiiinaaaaa...

Sem palavras!!

Como é q se diz? ... "Só colocou em palavras o que niguem tem coragem de dizer!" .. ?!?!?

Abraço!
A.

Dra. Repolha disse...

Ah! Mas eu tenho coragem sim. Acontece que Neruda é bem melhor nisso do que eu...rs