quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Bad day... e algumas considerações que não mudarão o rumo da humanidade!

Nublado, frio e chato. Assim começou o dia. Dormi tarde, perdi o sono às cinco da manhã... Estou com olheiras e com o rosto repleto de espinhas. (Mesmo assim será que alguém se arrisca a namorar comigo?) Por falar em namorar, concordo que andei por muito tempo longe dos holofotes. Saia bem pouco, quase nunca, daí realmente fica dificil conhecer alguém, afinal o príncipe encantado não vai bater na minha porta, nem chegar por sedex, ou qualquer coisa parecida. Mas, de uns meses pra cá, a coisa toda mudou. Tenho circulado mais pela city, e curtido a night pelo menos uma vez por semana. Resultado: Zero. Tudo na mesma. Não sei o que acontece. Onde estão os homens desse mundo? Outro dia estávamos numa mesa, várias mulheres, do lado outra mesa cheia de homens. E a noite toda ficou cada um na sua. Ninguém se apresentou, conversou, nem sequer houve troca de olhares. As pessoas não se relacionam mais. Sequer fazem novas amizades. Na balada ainda acontece alguma coisa, mas não passa de pegação. Assim fica difícil mudar o estado civil.

4 comentários:

Brupa disse...

é guria.
acho que está cada vez mais difícil relacionarmos com alguém. está todo mundo muito individualista e os que não estão, sinceramente, não me interessam. :/

é impressão minha ou quanto mais tempo ficamos sozinhas mais alto fica o nosso padrão de exigências sobre o homem ideal?

Renata disse...

Concordo...aqui na Bahia é mesmíssimaaa coisa!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

Venho por meio desta informar que há um novo solteiro na área, e a procura! Louco pra fazer novas amizades! kkk

MiG

Fernanda Souza Watzko disse...

Oba! Então os meus problemas acabaram??Vem logo pra cá!!!
Lembrando que podemos pular a parte de fazer amizade...rsrs