quinta-feira, 1 de julho de 2010

Eu preciso te falar que

eu não sou do tipo que esconde o que sente ou pensa. Embora um pouco tímida sempre fui muito corajosa pra fazer, falar ou correr atrás das coisas que acredito. Porém agora, em relação a você, está tudo diferente, não sei o que acontece comigo, só sei que não tenho conseguido ser eu mesma. Aliás, não somos mais os mesmos, pelo menos um em relação ao outro. O que vivemos foi totalmente inesperado, mas muito bom. Conheci melhor você, descobri coisas lindas a seu respeito. Coisas que me encantaram além do que eu esperava. Não tive medo do que eu estava sentindo, até você recuar. Tem muitas coisas martelando aqui na minha cabeça. Pessoas me dizem coisas, e tem horas que fico muito confusa sobre o que fazer ou lhe dizer... Sobre tudo que você me disse na última vez que ficamos juntos, só o que tenho para te falar é que nunca te cobrei nada, e se você teve essa impressão não foi essa a minha intenção. Hoje posso lhe dizer com toda a certeza que te gosto muito. Mas não é do meu feitio forçar alguma barra. Não lamento nada, e nem penso que poderíamos ter evitado. As coisas acontecem porque tem que acontecer. E coisas especiais não podem ser ignoradas.

"Quando você me vê
Eu vejo acender outra vez aquela chama
Então pra que se esconder?"

Um comentário:

DonCarioca disse...

Siga seu coração!