domingo, 6 de janeiro de 2008

Outra vez

O título é o nome de uma música do Roberto Carlos, muito linda por sinal, e que me faz lembrar de uma das melhores pessoas que eu já conheci, um amigo muito especial...

"Você foi o maior dos meus casos
De todos os abraços
O que eu nunca esqueci"

E que abraço! Acho que ainda não conheci alguém com um abraço mais gostoso e aconchegante que o teu. Lembro que no dia do desfecho da "Satine", lá na praia... Quando me trouxe em casa, me surpreendeu ao me pedir um abraço. Achei inusitado, mas muito bonitinho também. Não sei quanto tempo durou, mas tive a impressão de que o tempo havia parado naquele momento... Alguns dizem que conhecemos as pessoas por seus atos, outros dizem que é pelo sapato, mas eu acho que é pelo abraço que se conhece realmente o coração de alguém...

"Você foi dos amores que eu tive
O mais complicado
E o mais simples pra mim.
Você foi o melhor dos meus erros
A mais estranha história
Que alguém já escreveu
E é por essas e outras
Que a minha saudade
Faz lembrar de tudo outra vez"

Está sempre tudo tão vivo em minha memória...Sempre me recordo do fatídico dia que você cortou a mão. Nesse dia vi que definitivamente tenho horror a sangue e que não sirvo para socorrer alguém em apuros. Mas apesar do susto, de vez em quando me pego rindo do que aconteceu...

"Você foi o caso mais antigo
O amor mais amigo que me apareceu
Das lembranças que eu trago na vida
Você é a saudade que eu gosto de ter
Só assim sinto você
Bem perto de mim outra vez"

O que mais me encanta, é que na poucas vezes que estivemos juntos e nas muitas vezes que conversamos, você sempre tão sincero, transparente, como nunca ninguém foi comigo. E acho que por isso, hoje te admiro tanto, e tenho um carinho especial por ti...

"Esqueci de tentar te esquecer
Resolvi te querer por querer
Decidi te lembrar
Quantas vezes eu tenha vontade
Sem nada perder
Você foi toda a felicidade
Você foi a maldade que só me fez bem
Você foi o melhor dos meus planos
E o pior dos enganos que eu pude fazer
Das lembranças que eu trago na vida
Você é a saudade que eu gosto de ter
Só assim sinto você
Bem perto de mim outra vez"

Não sei escrever tão bem como você, mas acho que tudo é válido e bonito quando se faz com o coração.Vou encerrando por aqui, afinal de contas, se te conheço bem a essa hora já deves estar todo bobo e convencido.

Um comentário:

Mr. Fart disse...

Linda declaração! E a música também: letra irreprochável, dos períodos áureos do Roberto.
Abraços!