domingo, 4 de maio de 2008

Choro

Choro porque tenho vontade
e por não querer chorar

Choro porque te quero
e por não querer te amar

Choro porque me perco
e por não conseguir me achar

Choro por tudo e por nada...
simplesmente porque me faz bem chorar

3 comentários:

Mr. Fart disse...

Esta poetisa é de uma concisão e de uma clareza... já fiquei embasbacado no passado, lembra?
Abraços!

Bruninha disse...

esse post tem um "q" do poema "10 coisas q eu odeio em vc", daquele filme homônimo mesmo...
:)

Me, Myself and I disse...

Chore sempre Fer chorar lava a Alma , e depois a gente se sente renascido.
Depois de cada choro uma nova estória para se contar , sempre um pouco melhor ...
Um beijo