quarta-feira, 24 de setembro de 2008

Tá tudo bem?

Uhum... tudo bem sim!

(Não. Não está nada bem. Na verdade há dias que não me sinto bem, que estou triste, que não suporto nem me olhar no espelho, que tenho vontade de chorar. Queria me esconder de todos, do mundo inteiro. Queria não pensar, não sentir e não sonhar. Queria arrancar de dentro do meu peito esse coração imprestável que só serve para me fazer sofrer. Queria apagar da mente todas aquelas palavras e situações que me deixam presa no passado de uma história que nunca existiu. Queria não ser tão estúpida. Queria realmente gostar de mim. Queria poder responder com toda a sinceridade, que sim, que estou bem, que está tudo ótimo, sempre que alguém me perguntar.)

5 comentários:

Bruninha disse...

querida, como assim vc leu meus pensamentos?
é triste, mas a vida vai sendo feita às vezes com opções que não queremos..

é viver e seguir..
"é a vida que segue."
bjoss

Bruninha disse...

hum.. gostei do meu comentário..
farei um post sobre isso.
t+!

Edu disse...

Acho que são esses tipos de sentimentos que nos colocam em sintonia com tudo que acontece a nossa volta.

Mr. Fart disse...

Dra. Repolhinha,
passei para matar a saudade. Já fui lá deixar um abraço caloroso para a Gê e para a Janinha, e agora vim para cá.
Fazia tanto, mas tanto tempo, só que eu continuo querendo subscrever as suas postagens.
Abração do amigo Fart!

Dra. Repolha disse...

Fart!!
Que saudade!! Você faz muita falta por aqui... Volte logo, e pra ficar!

Grande beijo.E obrigada por suas palavras sempre carinhosas!