segunda-feira, 11 de fevereiro de 2008

Direito de resposta

Não quero parecer feminista, tampouco mal amada, mas é que percebo que a maioria dos homens, vejam bem que não estou relacionando todos, apenas a maioria deles, só querem saber de mulher “gostosa”. Não interessa se ela tenha algo inteligente a dizer, na verdade para eles basta que ela apenas diga “Oooooh, yeaaaah baby!!”se é que vocês me entendem. Tudo bem que é o tal extinto masculino que fala mais alto, e quanto maior o número de gostosas que ele “pegar”, fará com que ele garanta o posto de “comedor oficial” entre os seus semelhantes. Agora me pergunto. Será que só isso basta? Não vou negar que nós mulheres também nos deixamos levar pelo visual, mas não é só um rostinho bonito e um peitoral musculoso que mexem com a nossa imaginação. A maioria de nós preza pelo conjunto da obra. Esperamos que o cara além do sorriso bonito, também consiga utilizar a boca para falar alguma coisa que preste. O que quero dizer com isso tudo, é que hoje ouvi um comentário de um ser do sexo masculino, comentário infeliz que me deixou um tanto quanto irritada. E o que tenho a responder é que, não sou nenhuma gostosona. Meus seios são pequenos, minha bunda está longe de se igualar ao tamanho da preferência nacional, e minhas pernas são finas. Mas sei ser atraente, tenho bom humor, sou inteligente e sei conversar sobre qualquer assunto. Portanto, o cara que estiver disposto a me conhecer melhor, poderá comprovar o quanto sou e sei ser gostosa em certos momentos.

6 comentários:

Binho disse...

Bom, achei muito interessante o post; mas nem todos são como a Dra Repolha diz, há excessões. Claro que essas excessões são dificeis de encontrar. O negocio é não desistir de procurar.
Abraços e Beijos

Mr. Fart disse...

Delícia de post! Ironia na medida certa, autocrítica com uma pitada de cabotinismo saudável, enfim, um cérebro eurístomo palpitando em rotações bastante elevadas, clamando que por trás de um rosto bonito existe um ser pensante.
Conheci V. lá no blog da Gê (Haja Hoje...) e já gostei.
Abraços!

Me, Myself and I disse...

Impressionante vc mulher !!, mandou mega bem , diria até que usou seu direito de resposta como uma Doutora das Leis (rs) . Seria tudo tão mais simples se as pessoas fossem menos cliches , mesno preocupadas em o que as outras vão dizer sobre seus desempenhos .
Quem dera o dia em que as virtudes , que nada mais são do que a essencia de cada um aflorasse , e mesmo com uma pontinha de tetstosterona a maior , esses que se dizem homens pudessem
descolar essa máscara de machões , e se mostrassem por dentro.
Sei lá se vcs mulheres gostaríam , ou desejaríam mais a distância definitiva ...
Parabéns !!

That´s all folks

Fernanda Watzko disse...

mr.fart!

Seus comentários me deixaram lisonjeada. Li tbém lá no blog da Gê que você riu muito com a "Dra Repolha", fico feliz por isso. Confesso que achava a maioria dos meus posts um tanto melancólicos.
Mas enfim, que bom que gostou!! Pena não saber qual é o seu blog.

Abraço

Mr. Fart disse...

Ooops, mancadinha básica, pecado menos que venial - talvez um pecadilho - de que pretendo me redimir imediatamente, pois seria um prazer receber sua visita lá no www.assombradasombra.blogspot.com
Abraços!

Karla disse...

É verdade, muitas vezes até nós mesmas,nos sujeitamos a seguir esses padrões de beleza,esquecendo que o mais importante está dentro de cada uma de nós.Mas essa parte tão importate é tão difícil de ser exposta , justamente por isso , acabamos nos fechando, e se deixando levar pelas aparências.Ficando deprimidas e muitas vezes tristes.Adorei o comentário ...beijos amiga